E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Ausência com justificativa não caracteriza abandono de emprego

19/11/2014 Por: Editorial EPD Online


O abandono de emprego é configurado somente quando o trabalhador não retorna à função 30 dias após licença concedida por benefício previdenciário e nem justifica o motivo da ausência. Com base nesse entendimento, a 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho reverteu a justa causa de um funcionário.

 

Na dispensa, a empresa alegou desídia e abandono de emprego por parte do trabalhador, que não havia retomado seu trabalho após alta médica do INSS. Mesmo depois de ter sido condenada em primeira e segunda instâncias a pagar indenização ao funcionário, a empresa apelou ao TST por meio de agravo de instrumento.

 

De acordo com os autos, o empregado foi afastado em 2003, por causa de uma hérnia de disco e passou a receber auxílio doença comum e, posteriormente, o auxílio doença acidentário. O benefício terminou em outubro de 2007 e, como ele não voltou ao trabalho, foi dispensado em dezembro do mesmo ano por abandono de emprego.

 

Segundo a empresa, o motorista voltou ao trabalho somente 13 dias depois da alta e, tendo se recusado a assinar o exame médico de retorno, nunca mais retornou à empresa e nem respondeu aos telefonemas ou convocações. Dessa forma, foi solicitada a confirmação de dispensa por justa causa.

 

Em sua defesa, o trabalhador afirmou que durante todo o afastamento manteve contato com a empresa e que teria, inclusive, informado sobre suas condições de saúde, que o impossibilitavam de voltar ao trabalho, por meio de atestados médicos e documento que comprovava interposição de recurso contra a alta médica previdenciária.

 

Para o ministro Vieira de Mello Filho, há registros de que o empregado justificou devidamente o fato de não ter retornado ao trabalho. Sendo assim, não há motivo para a dispensa por justa causa. Em decisão unânime, a turma negou provimento ao recurso da empresa.

 

AIRR-6900-71.2008.5.05.0028

 

 

Com informações de Consultor Jurídico

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar