E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Atividades insalubres e atividades perigosas: Saiba tudo!

18/06/2014 Por: Editorial EPD Online
 Por EPD online

 














É considerada atividade insalubre aquela que expõe os empregados a fatores nocivos à saúde e acima dos limites permitidos pela Lei, só sendo reconhecida como tal se estiver na lista do Ministério do Trabalho. A seguir veremos suas peculiaridades com frequentes dúvidas.



Não podemos confundir, trabalho perigoso com grau de insalubridade. O trabalho perigoso é aquele que pela natureza do método de trabalho, faz com que o trabalhador fique em contato com eletricidade, explosivos, materiais ionizantes, radioatividade ou materiais inflamáveis. E conforme a lei, não é possível que um funcionário cumule a insalubridade e a porcentagem por trabalho perigoso ao mesmo tempo. É preciso saber que são situações diferentes.

No caso da insalubridade, todo empregado receberá, além do salário normal, um adicional, que poderá ser de 10%, 20% ou 40% sob o salário, conforme o grau de exposição ao risco. A NR 15 (Atividades e operações insalubres) é que dita as regras para os trabalhos insalubres.

Vale lembrar também que, segundo a NR 15, é responsabilidade do empregador a limpeza, manutenção e guarda da vestimenta de trabalho e também do EPI (equipamento de proteção individual). O EPI serve de forma a diminuir os riscos de acidentes de trabalho e contato com agentes nocivos ao trabalhador, além de ser obrigatório.

Um trabalho é considerado insalubre ou perigoso através de perícia realizada por um médico ou engenheiro trabalhista e sempre seguindo às normas do MTE.

 

Com informações de: http://www3.mte.gov.br/ouvidoria/duvidas_trabalhistas.asp

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar